2 de fev de 2013

Uma noite na Broadway


Sempre gostei de musicais. Lembro-me da primeira vez que assisti Moulin Rouge, ainda na graduação, e fiquei fascinado com o trabalho musical, com a mistura de músicas "contemporâneas", inseridas em um contexto histórico. Sem contar a beleza de Nicole Kidman e Ewan McGregor, os grandes responsáveis pelo sucesso do filme. Levar para as telonas a temática de um dos maiores cabarés franceses e seus gloriosos espetáculos nos transporta para a bélle époque francesa, em que jovens intelectuais e cortesãs se dividiam em cena. 

Depois veio Chicago, filme que leva para as telonas o espetáculo de Rob Marshall e que reúne elementos de vários musicais clássicos, como Cabaret, de Fred Ebb. Mas, ver todos estes musicais em cena, no teatro, nos dá uma sensação totalmente diferente. E é esta sensação que nós goianos podemos conferir com o espetáculo Uma noite na Broadway, dirigido pelo ator e diretor Neto Mahnic. Esta é a segunda temporada do espetáculo, o que prova que o projeto deu certo e tende a se consolidar. E pelo que pudemos ver no palco ontem, a torcida para que isto aconteça é grande. Em cena, vemos desfilar clássicos dos musicais que fizeram história nos palcos e também no cinema, como Cabaret, Grease, Hair e Chicago. A produção é de primeira e os atores e dançarinos se revezam entre os vários papéis durante os quadros. O trabalho vocal dos cantores é excelente, e as coreografias não ficam atrás. 





Quem teve a oportunidade de assistir a filmes como Chicago e Moulin Rouge se identificará com a maioria dos quadros. O espetáculo é dividido em duas partes, sendo a primeira com quadros mais voltados para as temáticas do Cabaret (e que particularmente eu gostei mais). Na segunda parte, mais "clean", vemos estilos variados como Footloose, Ciclo sem Fim, do filme Rei Leão e Summer Nights, do musical Grease, relembrando os velhos tempos da brilhantina. Assistir ao musical é uma experiência única, e levar a Goiânia um espetáculo como este é um desafio que merece todo nosso reconhecimento. Quem ainda não teve oportunidade de conferir é melhor correr pro teatro. 


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...