8 de jan de 2013

Melhores filmes de 2012

Mais uma lista de fim de ano no nosso blog. Desta vez o desafio é relembrar os melhores filmes vistos no ano de 2012. Neste ano pude ir pouco ao cinema, mas mesmo assim creio ter feito uma lista bem razoável, incluindo filmes nacionais e estrangeiros, não só de Hollywood como de outros países. Claro que toda lista é subjetiva e depende das visões e opiniões de quem a elabora. Portanto, deixo aqui a minha e convido todos a opinarem. Quais os melhores filmes que você viu no ano passado?


10º - 7 Dias em Havana
07 diretores diferentes se reúnem para contribuírem com suas visões sobre a cidade de Havana neste filme. Entre eles, alguns bem conhecidos, como o ator/diretor Benício Del Toro e o francês Gaspar Noé (Irreversível). Entre os temas abordados estão a relação da população local com os turistas, especialmente os estadunidenses, a dupla jornada dos cubanos, os quais muitos tem um emprego "oficial" e um extra por fora, a fé e a religiosidade afro-católica, a vontade de sair do país e as fugas, a ideologia de Fidel, entre outras. Único ponto negativo fica por conta da falta de uma maior interatividade entre os contos, que se tornam cansativos em algumas partes, mas mesmo assim é um ótimo meio de refletir sobre esse universo chamado Cuba.


Filmes de guerra temos aos montes, com vários enfoques e estilos imaginados. Por isto qualquer um que se dedique a fazer um filme com esta temática hoje deve ter o cuidado de trazer algo novo e diferente. E é isto o que faz Spielberg neste "Cavalo de Guerra". O filme se passa durante a primeira guerra mundial, e traz como protagonista um cavalo. Isto mesmo, um cavalo, desde o seu nascimento em uma fazenda no interior da Inglaterra até chegar às arenas de batalhas, o filme passa por vários climas diferentes para mostrar a vida deste animal, e utiliza a primeira guerra mundial como pano de fundo. Talvez o maior mérito do filme seja o de não divinizar nem demonizar a nenhum dos lados. Pelo contrário, com a relação com o animal, Spielberg humaniza seus personagens, independente do lado em que estão. Alemães, ingleses ou franceses, todos se emocionam ao conhecer Joey, e nós nos emocionamos ao conhecer sua história, magnificamente contada neste filme. 


8º - Xingu
Primeiro filme nacional da lista, este Xingu resgata a história dos irmãos Villas Boas, aqueles que desbravaram os territórios do Oeste do Brasil nos anos 40, e fizeram um árduo trabalho de defesa das terras dos índios, frente ao governo brasileiro e principalmente aos fazendeiros que faziam de tudo para invadir suas terras. Além de tudo isso, os irmãos foram responsáveis pela criação do grande parque do Xingu, que de uma certa forma garantiu a várias tribos indígenas terem sua terra. O filme conta com uma produção impecável e um roteiro muito bem realizado. Um dos grandes de 2012 com certeza!


Retomada da saga Alien pelo seu criador, Ridley Scott, pra mim uma das franquias de ficção científica mais legais do cinema. Aqui o diretor aproveita pra fazer uma série de revelações sobre a origem dos monstrengos e sua relação com o planeta Terra e os humanos. O filme é cheio de suspense e ação, e deixa uma série de pontas soltas que dão indícios de que uma nova saga vem por aí. Agora é só aguardar os próximos filmes. 


Nadine Labaki é uma atriz e diretora libanesa. E seus filmes refletem a realidade do país, sempre sob uma ótima feminina. O Líbano é um país atormentado pelos conflitos religiosos entre cristãos e muçulmanos. Sob uma ótica feminina, vislumbramos a irracionalidade dos conflitos entre estas duas religiões. Habitantes de um mesmo local, compartilhando de uma mesma cultura, diferentes apenas pelo credo que dizem professar, mesmo assim o ódio religioso parece ser mais forte do que tudo o que essas pessoas tem em comum. Mas as mulheres estão dispostas a tudo para nos mostrar o quão irracional são estes conflitos, até mesmo a abrir mão de sua religiosidade. Um filme leve e até cômico para um tema tão tenso. 


Um filme sobre dois cantores que marcaram a história desse país com suas canções. Mas a música é apenas o pano de fundo. Gonzaga - De pai para filho é um filme sobre a história de um pai e um filho, seus conflitos e seus choques. A negligência na criação do filho na infância, a dúvida da paternidade, os conflitos ideológicos da fase adulta e finalmente a catarse da discussão e do entendimento são o mote do filme. Com uma produção grandiosa e muito bem conduzida, Gonzaga faz jus a estes dois grandes nomes da música popular nacional. Com atuações afinadas, tanto de grandes atores já consagrados quanto desconhecidos, escolhidos entre milhares pela semelhança física com os cantores. Um grande diferencial deste filme é o uso de imagens reais dos dois cantores, filmagens e fotografias, junto com as imagens da ficção para retratar a carreira e a vida destes dois cantores. 


Finalmente os maiores heróis da Marvel se reuniram nas telonas. Thor, Hulk, Capitão América e o Homem de Ferro se juntam pra formar uma das mais tradicionais equipes de super-heróis que os quadrinhos já viram. Como foi o primeiro filme, souberam explorar muito bem as desavenças provocadas pelas características de cada herói, e como eles teriam que abrir mão de certas coisas para conseguirem trabalhar juntos. Isto nos rendeu belos quebra-paus entre o Thor, o Capitão América e o Homem de Ferro, além de uma exibição do Hulk com a Viúva Negra que foi de arrepiar também. O amadurecimento do grupo é o ponto chave do filme, e foi sua grande sacada também. No mais, as cenas de batalhas, lutas e guerras se encarrega do restante e faz o filme ser exatamente o que todo fã de super-heróis esperava. 


3º - Millenium: Os homens que não amavam as mulheres
Daniel Craig mais uma vez prova que é um ótimo ator e merece o pesado fardo de ser o novo 007. Este Millenium, filme baseado na obra do escritor sueco Stieg Larsson e uma refilmagem do mesmo título sueco,  é um prato cheio pra quem gosta de ação e suspense policial. A grande sacada fica por conta da atriz Rooney Mara, que faz o papel de uma investigadora anti-social. Outro destaque é David Fincher (Clube da Luta) que dirige este excelente filme de forma surpreendente, fazendo deste um dos melhores trabalhos de sua carreira. 


Filme dirigido pelo jovem ator Ben Affleck, que mostra ter um longo futuro pela frente como diretor. O enredo gira em torno dos conflitos político-religiosos entre EUA e Irã. Mas não de agora. Ele volta à década de 80 para nos mostrar um caso verídico que teria ocorrido entre ambos. Logo na abertura percebemos que trata-se de um filme diferente. O filme começa com uma cena da bandeira dos EUA sendo queimada pelos rebeldes, numa imagem emblemática que mostra que o ódio pela forma como os estadunidenses se acham no direito de intervir nos outros países não é bem vista por todos. Além disto, o mesmo levanta uma discussão sobre os verdadeiros ditadores e terroristas. Um filme pra refletir e se deleitar. 


1º - No
Mais um filme político, o chileno No, estrelado por Gael Garcia Bernal retorna até o ano de 1988 para mostrar o fim da ditadura de Pinochet no Chile. O mote do filme é o plebiscito que o ditador realiza neste ano para que a população decida se querem ou não que os militares continuem no poder. Eles tem que votar portanto em "Sí" ou "No". Como o título do filme diz, ele aborda o grupo dos partidos de oposição que fazem a campanha do Não. Para isto eles chamam um publicitário de uma conceituada agência de marketing para liderar a campanha, e a ideia do cara acaba pegando todos de surpresa. Ao invés dos tradicionais programas de denúncias dos horrores da ditadura, sua ideia é fazer um programa leve, mostrar a alegria como tema, utilizando estratégias de marketing. Incompreendido no princípio, os políticos acabam abraçando a campanha, que em pouco tempo mostra seu potencial de envolver a população. Mas os militares não deixarão o poder de mão beijada, e as ameaças aos idealizadores da campanha do Não são constantes. Mais um filme forte, que trata de um tema político de forma leve e até cômica. Um verdadeiro registro da história política mundial. Tem todos os méritos pra estar no topo desta lista. 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...