28 de jul de 2010

Dublagem à brasileira

Ultimamente a indústria da Animação ganhou espaço definitivamente nos cinemas mundiais. A cada mês três ou quatro filmes de Animação estréiam, com uma variedade de estilos impressionante, o que torna este tipo de filme um filão que cresce cada vez mais. E os personagens engraçados, histórias bem boladas, leves, atraem tanto crianças quanto adultos, em números cada vez maiores. Mas há um outro fator por detrás destas produções que chama atenção, especialmente no Brasil: o excelente trabalho dos dubladores brasileiros.

Personagens como o Hades, do filme Hércules, Dom Aço, de Robôs, Bruce, de Procurando Nemo e inúmeros outros são alguns exemplos de trabalhos excelentes nesta área. E os mais recentes tem se destacado ainda mais, como é o caso de Deu A Louca na Chapeuzinho, que dá um banho de dublagem, especialmente com os personagens do Ligeirinho e o Bode, são engraçadíssimos, e suas vozes tem um tom especial. Claro que as vezes o fato de se colocarem algumas vozes globais estragam um pouco o filme, como é o caso do Gianechini em Robôs, Bussunda em Shrek e outros com resultados pífios. A única exceção que vi até agora foi em Irmão Urso, em que Marco Nanini e Luis Fernando Guimarães dão um show interpretando os alces, que ficaram hilários.

Mas quem dá um show mesmo é quem entende do assunto mesmo. Guilherme Briggs é o campeão de dublagem, o cara faz os melhores personagens. Acho que seu maior destaque é o vilão Ele, das Meninas Superpoderosas: o cara dá um show, variando a voz do agudo ao gutural com uma facilidade incrível. É dele também as vozes de outros vilões, como o Dom Aço (Robôs), Bruce (Procurando Nemo), Rei Jullien (Madagascar, engraçadíssimo) O Grinch (também muito bom) e o eterno Freakazoid. Outro que merece destaque é Márcio Simões, com os trabalhos de Hades (Hércules) e Hopper (Vida de Inseto), também muito bons.

O mais engraçado é que as melhores dublagens quase sempre são as dos vilões, que ficam muito caricaturais e divertidos. Nos desenhos, merece destaque toda a equipe do Bob Esponja, cujas vozes são excelentes especialmente a do protagonista, interpretado por Wendell Bezerra, numa das melhores dublagens de desenho de todos os tempos, uma voz original e divertida. É por estas e outras que eu nem me importo de ver animações e desenhos dublados. As vozes brasileiras são as melhores mesmo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...