30 de ago de 2009

Improvável em Goiânia

Ontem fui conferir o espetáculo da companhia Barbixas de Comédia, o show IMPROVÁVEL. Pra quem não conhece, trata-se de um espetáculo de improviso, onde quatro jogadores e um mestre de cerimônias participam, bricando dos mais diversos jogos onde os participantes tem que improvisar cenas engraçadas. Sucesso no Youtube, o show logo ganhou fama, e agora percorre várias cidades do Brasil, lotando teatros por onde passam. Pra se ter uma idéia, aqui em Goiânia a procura por ingressos foi tão grande que eles tiveram que agendar mais 2 espetáculos por dia além do que estava programado, ou seja, foram 3 espetáculos na sexta, 3 no sábado e mais 3 no domingo, todos com lotação máxima.

25 de ago de 2009

Os Grandes Vilões do Trânsito

Segundo estatísticas recentes, um milhão de pessoas morrem por ano em todo o mundo vítimas de acidentes de trânsito. Há tempos quero escrever sobre trânsito por aqui. Nunca fui um motorista muito consciente, por isto mesmo já sofri vários acidentes, felizmente em nenhum deles eu ou alguém que estivesse comigo sofreu qualquer lesão, mas todos poderiam ter sido evitados. Mas nem posso dizer que meu comportamento no trânsito era culpa só minha. Infeliznente em nosso país sofremos de uma falta de conscientização generalizada, agravado por uma péssima formação. Basta olhar como os instrutores de trânsito formam nossos motoristas para descobrirmos isto.

18 de ago de 2009

Clube da Luta - O Fausto Pós-Moderno

Por que nunca escrevi sobre Clube da Luta? Nao sei. Talvez na época em que o vi pela primeira vez nao tenha dado tanta importancia assim a ele. E tambem ainda nao tinha esse blog, com certeza. Mas o que há de tao especial assim neste filme? Resumidamente, trata-se de um épico pós-moderno, recheado de crítica aos valores capitalistas, com uma pitada de humor-negro e psicodelia. Jack, além de anti-herói, é uma sátira dos heróis da modernidade, com suas idéias de progresso a qualquer custo. Eis o nosso Fausto. Só que ao invés de uma ideologia do progresso, Jack assume o oposto: para ele o que importa é o caos, a autodestruiçao. E neste contexto, ele também faz um pacto com o diabo: aqui entra a figura de Tyler Durden, aquele que levará nosso anti-herói ao caos e a destruiçao, assim como Mefistofeles leva Fausto a construçao e ao desenvolvimento. Duas idéias totalmente opostas.

16 de ago de 2009

Pedra Letícia (GO) em São Patrício-GO

Aconteceu neste final de semana mais uma Festa de Peão de São Patrício. Tá, mais e daí, toda festa de peão é a mesma coisa, só tem rodeio e show de dupla sertaneja. Certo? Errado! Se você pensa isto é porque não conhece a festa da pequena São Patrício. Pequena mesmo, pois a cidade é minúscula, mas mesmo assim promove uma festa de gente grande, com uma estrutura de botar inveja em muita capital, e o melhor: totalmente gratuita.

E o mais legal é que não trazem apenas shows sertanejos, mas investem também no Rock e Pop Rock. Sim, Rock sim senhor! No ano passado por exemplo trouxeram os Raimundos, que fizeram um super show que tive a sorte de conferir, e no ano retrasado trouxeram nada mais nada menos do que Engenheiros do Hawaii. Este ano foram mais ousados, trazendo duas bandas de rock em dois dias diferentes. O show principal do sábado foi da banda Titãs, mas infelizmente neste não pude comparecer. E na sexta foi a vez dos goianos do Pedra Letícia, que tocaram junto com a banda Callypso (?).

11 de ago de 2009

II GO Mosh Festival - Torture Squad (SP)

O Heavy Metal têm ganhado cada vez menos espaço em nossa cidade. O espaço para este tipo de música é cada vez mais raro, apesar da cena ter crescido em público e número de bandas. Poucos são os festivais que conseguem manter viva a tradição do Metal em Goiânia. E o GO Mosh é um deles. Organizado pela Hiccup Produções, este festival que chega à sua 2ª edição mostrou que é possível e viável sim manter vivo o cenário metálico de nossa capital.

O local escolhido foi o tradicional Martim Cererê, que recebeu os headbangers para dois dias de muito peso. Infelizmente não pude conferir as bandas de sexta-feira, que teve como atração principal o grupo RAIMUNDOS, mas pelo que ouvi de comentários o dia parece ter sido muito produtivo. No sábado a grande atração ficou por conta dos deathbangers do TORTURE SQUAD, diretamente da capital paulista para a capital do cerrado.

8 de ago de 2009

Da Lama ao Caos

Nunca fui fã da música de Chico Science & Nação Zumbi, quando seu líder era ainda vivo. Na verdade, mal conhecia o grupo, a não ser por ouvir nas rádios esporádicas vezes a música Maracatu Atômico. Só agora portanto percebo a perda que a música brasileira teve com a morte deste genial músico. Agora, ao ouvir os dois CDs que ele deixou, é que consigo entender a profundidade de sua mensagem, de seu movimento, o Mangue Beat, e do legado que ele nos deixou. A união do Rock ao Maracatu, a influência do moderno, do Pop, com o regional, com o popular, o Maracatu, o Baião, isto é o que representa a música de Chico Science, além de mostrar a vida dos cidadãos pobres do mangue, da lama do Recife, e as mazelas desta cidade, uma cidade de contrastes, que convive com a opulência ao lado da miséria. É neste sentido que entendo a música do grupo Naçao Zumbi, como defensora de um estilo que é o nosso, ou seja, nem um estilo popular, nem um estilo moderno, mas uma mistura de ambos, uma fusão, isto é o que a globalizaçao nos causou. Em homenagem a este grande gênio, vou publicar agora um artigo que escrevi para as aulas de história do brasil, que consistia em analisar a música inserida no contexto urbano em que vivemos.

5 de ago de 2009

Cabra Marcado para Morrer

Nosso povo tem a fama de ser um povo pacífico, ordeiro, que mesmo com todos os problemas, ao invés de se queixar, samba, faz carnaval. Mas olhando um pouco mais atento nossa história, veremos que não é bem assim. Já tivemos importantes movimentos sociais de luta, seja política, seja por terra, por melhores condições de trabalho. O problema é que esses movimentos são sempre abafados e nunca chegam ao conhecimento das massas. E, me pergunto, mesmo que chegasse, até que ponto iriam conseguir mobilizar nosso povo de que é preciso ir à luta se quisermos mudar alguma coisa? A força ideológica do conformismo hoje é muito grande, e acaba por desmobilizar qualquer tentativa revolucionária de mudar alguma coisa.

3 de ago de 2009

Zeca Baleiro - PetShopMundoCão

Zeca Baleiro sempre foi pra mim um dos artistas mais criativos e originais de nossa época. Com sua mistura de samba, rock, rap e música eletrônica, sem a necessidade de ter um estilo próprio, ele consegue mesmo assim criar uma identidade única. Aqui temos mais um trabalho onde imperam as influências de música eletrônica e samba, flertando ainda com o rock e o rap, utilizando dos mais diversos instrumentos, como metais (flauta, sax, trumpete), violinos, corais, cantos gregorianos, beat box, tudo isto aliado às excelentes letras fazem deste o melhor trabalho que o compositor já fez.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...